quinta-feira, abril 16, 2009

A grande mentira dos genéricos

Medicamento genérico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Um medicamento genérico [1] é um medicamento com a mesma substância activa, forma farmacêutica e dosagem e com a mesma indicação que o medicamento original, de marca. E principalmente, são intercambiáveis em relação ao medicamento de referência, ou seja, a troca pelo genérico é possível.

É mais barato porque os fabricantes de genéricos, ao produzirem medicamentos após ter terminado o período de protecção de patente dos originais, não têm os custos inerentes à investigação e descoberta de novos medicamentos. Assim, podem vender medicamentos genéricos com a mesma qualidade mas a um preço mais baixo do que o medicamento original.

____________________________________________________________________

Esta é a definição que vem em todo o lado, mas infelizmente não é verdade. Se fosse eu própria compraria e aconselharia genéricos.


A verdade é que os genéricos passam 1 vez por um controlo e depois ficam livres para "pouparem" nas quantidades, o que torna o medicamento muito diferente do original. Há casos que para ter o mesmo efeito do original, se dobra a dosagem do genérico.... Se fosse igual aconteceria isto? Claro que não. Nalguns medicamentos pode não haver esta diferença, ou esta ser mais ténue, mas a verdade é que nunca se pode ter a certeza. Os genéricos não são seguros, não são viáveis. São uma grande mentira, mais barata. A maior parte das pessoas não tem conhecimento disto, há até agora a decorrer no site do público um inquérito que pergunta:

Concorda que as farmácias substituam medicamentos de marca por genéricos mais baratos contra a vontade dos médicos?

A última hipótese está à frente.... É surreal! Mas quem é que faz estes inquéritos? Sim, se o doente pedir?!?!!??!?! Vamos lá responsabilizar o doente, que não tem formação nenhuma no tema, faz imenso sentido.

Está-me a revoltar o tema, até porque com estas histórias todas no novo presidente da ANF, nunca ninguém disse que o dito Sr. é dono de uma empresa de genéricos...

Etiquetas:

segunda-feira, abril 13, 2009

GEMELLI

Rua Nova da Piedade, 99
1200 lisboa

Os empregados, o vinho, o parmesão e o pão são bons. O menu degustação é sofrível, mas deixa muito a desejar. Tentaram compensar-nos mas correu pessimamente. Nunca uma expectativa foi tão defraudada. É pornograficamente caro para a qualidade que tem.

Desaconselho, nem vale a pena experimentar, é terrível.

Etiquetas:

sexta-feira, abril 10, 2009

Avé Maria (Frei Hermano da Câmara)

Avé Maria, cheia de graça
que por nós passa dando alegria
Nosso Senhor convosco está
e a nós nos dá o seu amor.

Rogai por nós os pecadores
das nossas dores ouvi a voz
e na agonia, quando chegar,
seja a rezar Avé Maria,
seja a rezar Avé Maria.

Santa Maria, ó Mãe clemente,
da nossa gente sois luz e guia.
Ao português que a paz vos pede
perdão concede mais uma vez.

segunda-feira, abril 06, 2009

Laß ihn kreuzigen!

A Paixão segundo São Mateus de Johann S. Bach é brutal!

quinta-feira, abril 02, 2009

Ah, AH, AH, enganei-vos!

Não fiz tatuagem nenhuma era a minha peta do dia das mentiras. Acham que eu iria conspurcar o meu lindo corpinho?

Não enganei muitos, é certo, mas enganei uma bem enganada!

quarta-feira, abril 01, 2009

Não resisti, fiz uma tatuagem.

É liiinda, baseada em fractais, no braço esquerdo, estou a delirar. Quando tiver tempo ponho aqui uma foto.