sábado, novembro 26, 2005

confusões comuns

Esperança e expectativa são conceitos diferentes, quase opostos. Que podem co-existir, ou não. A esperança é algo parecido com os sonhos, é a última a morrer, é um desejo, uma vontade, mas que pode nunca acontecer, e não ficamos chateados com isso, era um sonho... A expectativa, seja em relação a nós, aos outros ou a alguma coisa, é algo mais rígido, que sugere cobrança e desilusão, caso não aconteça, é quase prever o futuro, tentar antever algo, que não controlamos, que está fora do nosso alcance.

Esperança tenho-a, aos montes, sobre inúmeras coisas, farto-me de sonhar, de imaginar. Mas de uma forma consciente, sei que a maior parte dos sonhos não são, nem nunca vão ser reais. Mas não é por isso que deixo de sonhar, faz bem, sabe bem...e às vezes, muito raramente, eles até acontecem mesmo, deixando-me extasiada e feliz, nem que por um só momento.

Expectativa sempre a tive, e sempre sofri com isso, desilusões atrás de desilusões. Até que, por várias razões, desde conversas com outras pessoas à consciencialização de que eu não podia controlar acções, nem cobrar nada aos outros, comecei a não ter, a não esperar nada de ninguém. Um processo lento, que no início era quase falso, porque me sentia, mas fingia não sentir. Agora não, não me desiludo, não fico chateada com algo que não aconteceu, agora sou feliz.

Por vezes a esperança tende a tornar-se expectativa, é preciso muito cuidado quando isso sucede, não se pode deixar acontecer. Porque se os sonhos se tornarem algo que esperamos que aconteça e não acontecerem, deixam de ser sonhos, para se tornarem desilusões. e se deixarmos de sonhar o que é que nos resta? Não que eu viva dos sonhos, mas estes preenchem-me, não há nada melhor do que acordar a sorrir!

quarta-feira, novembro 23, 2005

mais uma vez sexo no DESTAK

Desta vez o título da notícia era "Sexo oral pode provocar cancro da boca"!!!!!

Mas porque raio... as pessoas já são envergonhadas, púdicas, retraídas, e ainda lhes andam a pôr mais macaquinhos na cabeça! Foi uma colega da faculdade que me veio mostrar a notícia, a medo, disse-me baixinho o título, ao que eu respondi, quase imediatamente "fumar também! e não é por isso que deixo de fumar". Lembrei-me de uma revista que tenho guardada e reli-a.


Colors nº21

7h00 shower- As the water beats down on you, chlorine (a purifying agent in tap water) reacts with the air, releasing trace amounts of chloroform, a possible carcinogen. (BRAIN CANCER)
7h30 a glass of milk- Drinking 1 to 2 glasses of whole milk daily increases your chance of getting lung cancer 1.62 times. (LUNG CANCER)
8h00 getting dressed- Wearing a bra 24 hours a day increases a woman's risk of breast cancer 133 times. (BREAST CANCER)
8h30 a cup of coffee- Those who drank more than two cups daily ran twice the risk of contracting fatal bladder cancer. (BLADDER CANCER)
9h00 off to work- Spending a day in some megacities is roughly equivalent to smoking a pack of cigarettes. (THROAT CANCER)
11h00 at the office- There are asbestos fibers in the walls of your office, and there is a strong link between them and lung cancer. (LUNG CANCER)
12h30 light lunch- Eating delicious grapes...that might have been sprayed with methylbromide or other carcinogenic pesticides. (LEUKEMIA)
13h30 business call- Some studies show that high frequency radio waves (from your cell phone) damage rat brain cells. (BRAIN CANCER)
14h00 golf appointment- Golf course superintendents are twice as likely as the rest of the population to get cancer of brain, lung or prostate. (PROSTATE CANCER)
15h30 catching some rays- You've read that skin cancer rates have doubled in the last 10 years, so you've put on sunscreen. So you stay longer, and the sunscreen has urocanic that increases the risk of skin cancer by four times. (SKIN CANCER)
18h00 dinner- People who eat their meat well-done triple their risk of stomach cancer. (STOMACH CANCER)
20h00 a quick pint- Having more than two alcoholic beverages a day increases the risk of mouth, throat, stomach and liver cancers. (MOUTH CANCER)
23h30 bed time- After smoking, the biggest cause of lung cancer is radon, a natural gas released by decaying uranium in rocks and soil. It exists in your house, and emits radioactive particles that get trapped in your lungs. (LUNG CANCER)

terça-feira, novembro 15, 2005

Felicidade

Mas afinal o que é a felicidade. Todos a buscam, todos querem ser felizes, passam a vida toda à sua procura. Mas ninguém se dá ao trabalho de a definir. De dizer o que é para si a felicidade. Mas eu dou, porque sei, porque sou feliz.

A felicidade é feita de pequenas grandes coisas, de momentos, de instantes. Felicidade é um telefonema, um abraço, uma carta, um sorriso, uma surpresa, um presente, uma visita, um beijo, uma música. Felicidade é rir, aprender, ensinar, dançar, trabalhar, comer, beber, correr, andar, respirar, viver. Felicidade é uma boa notícia, uma festa, um concerto, um jantar. Felicidade é a capacidade de disfrutar um segundo, mesmo sabendo que só dura isso. Felicidade é espalhar boa disposição, é contagiar os outros, é fazer rir. É saber estar em silêncio, é parar por um instante. É curtir as coisas boas e não dar importância às más, de maneira que o balanço seja sempre positivo. Felicidade é querer ser feliz.

Liberdade

Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não o fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
O sol doira
Sem literatura.

O rio corre, bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa,
De tão naturalmente matinal,
Como tem tempo não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto é melhor, quando há bruma,
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

O mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças
Nem consta que tivesse biblioteca...


Fernando Pessoa

quinta-feira, novembro 10, 2005

108 quecas por ano

Hoje, quando estava na paragem de autocarro, passou por mim um distribuidor do jornal DESTAK (identificável pela t-shirt vermelha com o nome do jornal). Estava a distribuir jornais de uma forma bastante peculiar, olhava atentamente para as pessoas, parecia que estava à procura de algum tipo de sinal... quando se aproximou de mim, olhou primeiro para a pessoa que estava ao meu lado, uma velhota com cerca de 80 anos, cabelo branco, curto, vestida de preto da cabeça aos pés. O rapaz vacilou, recuou, olhou para mim, sorriu para baixo e deu-me o jornal. Antes de o ler, continuei a observar a forma como o distribuidor se dirigia às pessoas, e apercebi-me que distribuia os jornais, principalmente, a mulheres até aos 40 anos. Olhei para o jornal, li o título e ri-me... "sete parceiros sexuais para cada português" era o cabeçalho, imediatamente a seguir "o maior estudo a nível mundial sobre comportamentos sexuais diz que os portugueses têm, em média, 108 relações por ano..."

A média dos 41 países analisados é de 103. os gregos têm 138. os japoneses 45 (coitadinhos). a média de parceiros sexuais é de 9, os portugueses têm 7. os turcos 14,5. 37% dos tugas já tiveram uma relação fortuita.24% extraconjugal.dos 29% que se afirmam mente aberta, 12% já fizeram ménage à trois, 44% sexo anal, 29% usam lubrificantes e 10% vibradores. 67% já fizeram sexo no carro e 60% em casas de banho públicas. o pessoal que agora tem 45-55 anos perderam a virgindade aos 17, os que têm 16-20 perderam aos 13. 34% dos portugueses admitiram já ter praticado sexo sem preservativo!!!!!