terça-feira, fevereiro 28, 2017

A confirmação

Há um ano trabalhava na Cordeiros Galeria. Há um ano estava angustiada. Há um ano queria mudar de vida. Há um ano não sabia o que o futuro me reservava. Estive um ano a estudar. Estive um ano a investir numa área que não dominava. Estive um ano a apostar numa nova profissão. Estive um ano a aprender um novo ofício. Não sabia se ia resultar mas insisti. Não sabia se ia conseguir mas persisti. Não sabia se ia ser bem sucederam mas tentei. E consegui. Ainda não terminou, tenho um longo caminho de aprendizagem e trabalho pela frente. Mas estou a conseguir, já sei que é possível, agora é não desistir. Lutar e estudar e continuar. Vou viver.

quarta-feira, agosto 03, 2016

Nova hóspede

Tenho uma hóspede nove. E escreve.

"Portuguese has a color that English doesn't. It isn't blue and it isn't purple, but somewhere near them both. It isn't lavender or violet or lilac or periwinkle. It is the color of the flowers of the jacarandá tree in the light of the morning. It is roxo. It is love."

domingo, julho 10, 2016

Portugal na Final

Portugal perde hoje.
Mesmo que ganhe o jogo. Perde porque só com o futebol conseguimos massa crítica para nos unirmos, agirmos e mexermos, porque não somos capazes de o fazer para outras causas nem morais, nem sociais, nem políticas.
Porque não nos indignamos com o novo cargo na Goldman Sachs do Durão Barroso como nos indignamos que questionem a idade do Renato Sanches.
Porque não colocamos nas nossas fotos de perfil a bandeira de Portugal para apoiar a Sara Moreira que ganhou hoje a medalha de Ouro na meia-maratona dos Europeus de atletismo, só o fazemos a pedido do Ricardo Quaresma.
Porque n achamos estranho que o Rui Moreira privilegie a circulação automóvel dentro da cidade do Porto e ache que as bicicletas devessem ter matrícula e seguro, por isso não cria canais dedicados a estas em nenhuma das 40 ruas que vai intervencionar e onde gastará 8 milhões de euros."

segunda-feira, julho 04, 2016

Dias maus

Não são todos os dias.
Mas há dias assim.
Em que não há vontade.
Só a modorra.
E a frustração.
E o mal-estar.
A descrença.
A vontade de desistir.

terça-feira, maio 31, 2016

Gostar

Partilhar.
Dar sem nada esperar.
Simplesmente estar.
E receber e agradecer.

A proximidade desestabiliza.
Ficar vulnerável é dar.
Não usar filtros.
Dói.


Viver

Sinto-me em paz.
Mas não estou.
Preciso de mais tempo.
Estou bem, mas não chega.
Sou uma fraude.



terça-feira, março 01, 2016

O que não existe não tem fim

Curiosidade
Descoberta
Gozo
Conforto
Disfruta
Questiona
Suspende

quarta-feira, fevereiro 24, 2016

Incertezas

Dúvidas.
Bem-estar.
Futuro.
Medo.
Presente.
Agora.
O quê?
Não sei!
Foda-se.

O que raio é que eu quero?
O que é que eu gosto?
Para onde vou?
Como?
Quando?
Porquê?

Como é que descubro?
Só experimentando?
E se eu passar a vida a experimentar coisas que não gosto, ou com as quais não me identifico?
Qual é a escolha certa?

Porque é que eu sou tão perita em questionar-me e tão má em estabilizar?
Do que é que eu tenho medo? De falhar? Mais ainda?

Sinto-me incapaz.